sábado, 24 de janeiro de 2009

Fernando Ulrich (BPI) disse ontem que "havia vários bancos (BCP...) que faziam batota".


Fernando Ulrich disse ontem que a concorrência no sistema bancário português esteve distorcida, uma vez que "havia vários bancos que faziam batota". Para o CEO do BPI, è importante que "desapareçam este tipo de práticas que distorcem a concorrência".
“O que verificamos é que durante vários anos a concorrência esteve distorcida. Havia vários bancos que faziam batota, porque não estavam sujeitos às mesmas regras e tiravam beneficio disso”, afirmou o presidente executivo do BPI, quando questionado sobre as alegadas irregularidades cometidas pelo Banco Português de Negócios, Banco Privado Português e Banco Comercial Português (BCP).
Na conferência de imprensa para apresentação de resultados de 2008, Fernando Ulrich adiantou que, enquanto agente do mercado, “o que é importante” para o BPI é que os “outros bancos respeitem as regras da concorrência” e “que desapareçam este tipo de práticas que distorcem a concorrência”.
“O que interessa ao BPI é que desapareçam as praticas desleais” acrescentou Ulrich, afirmando que tal pode suceder através da liquidação dessas instituições, da sua absorção por outras instituições, ou vendidas na totalidade ou aos bocados.
O presidente do BPI afirmou que existem pelos três casos que se sabe agora que «faziam batota» que são «o BCP do passado, o BPN e BPP», e insistiu em que o importante é que «desapareçam esse tipo de práticas».«Estamos cansados da concorrência desleal», porque «a demora na solução destas coisas mina a credibilidade de todos os que têm responsabilidades nestes casos, que são as administrações, os auditores e os supervisores», sublinhou.

COMENTÁRIOS:
cflores
A certeza como cliente
Como cliente do BPI desde 1997 nunca tive qualquer problema com o mesmo e sempre vi nele cumpridor das regras. Já quanto ao BCP e muito recentemente quando efectuei um pedido de crédito foi-me apresentada uma solução de crédito acompanhada da aquisição de acções do próprio, o que na altura me deixou de pé atrás. Em todo o relacionamento que tenho tido com o BPI nunca em situação alguma me foram apresentadas situações dúbias. Por isso compreendo as palavras do Sr.Ulrich e já não entendo os comentários efectuados poa algumas pessoas que se escondem.

Autoridade
TEMOS O GRAVE EXEMPLO DO BCP QUE DESGRAÇOU MILHARES DE INOCENTES...
Veja-se o "CASO MILLENNIUM BCP"(um dos principais culpados desta crise financeira em Portugal ) em que o banco desgraçou financeiramente milhares de famílias e ainda acabou por ser apoiado pelo Governo em milhares de milhões de euros de empréstimos!... E depois de haver promessas dos Supervisores bancários, em terem obrigatoriamente de ressarcir essas famílias lesadas (Ex: Campanhas Accionistas Millennium BCP em 2000/2001, etc.)... Mas pelo contrário foram atirados para o chamado "INCUMPRIMENTO nos créditos fraudulentos" de certas Instituições Bancárias (BCP) e neste momento as pessoas lesadas estão bloqueadas na vida, também por culpa gravosa do Banco de Portugal... Pois estas famílias continuam a sofrer cada vez mais sem ver suas graves situações resolvidas!

OBS:
A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) condenou o Banco Comercial Português ao pagamento de uma coima de 3 milhões de euros por um total de 100 sanções. No entanto, o regulador deliberou a suspensão parcial da execução de 2,5 milhões de euros da coima aplicada se o banco indemnizar os clientes prejudicados nas campanhas accionistas de 2000 e 2001. A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) condenou o Banco Comercial Português ao pagamento de uma coima de 3 milhões de euros por um total de 100 sanções. No entanto, o regulador deliberou a suspensão parcial da execução de 2,5 milhões de euros da coima aplicada se o banco indemnizar os clientes prejudicados nas campanhas accionistas de 2000 e 2001. A CMVM deliberou aplicar uma coisa de 3 milhões de euros ao BCP pelas infracções de intermediação excessiva, conflito de interesses, dever de conservadoria e qualidade da informação. No total, a CMVM aplicou 100 sanções ao BCP, que totalizavam 5,655 milhões de euros, no entanto, o regulador decidiu “proceder ao cúmulo jurídico das 100 sanções e condenar o arguído numa coima única no montante de 3 milhões de euros”.(Jornal de Negócios - 18/08/2008)

Sem justiça aumenta a corrupção
O Grupo BCP por intermédio das suas redes: BPSM, Corporate / Empresas, Private, P&N, NovaRede, Banco7, ExpressoAtântico e Atlântico levou a cabo no ano 2000 e 2001, várias Campanhas para a venda aos clientes de Acções BCP de forma abusiva tendo utilizado Publicidade Enganosa, criando objectivos elevados paras as redes cumprirem, instituindo incentivos financeiros para a sua colocação. Tendo tambem criado linhas de crédito para a aquisição destas Acções nas quais o seu montante ultrapassava os 100% do valor das respectivas acções.

Os funcionários de boa fé e vítimas da estratégia do BCP, venderam estas Acções de forma sistemática, não tendo em consideração a cultura e a capacidade financeira dos clientes, tendo vendido Acções a jovens, idosos, analfabetos, pessoas sem ou com baixos recursos financeiros, tendo também utilizado contas de clientes de Gestão de Património com promesssas de um INVESTIMENTO LUCRATIVO, resultando ás vitimas dessas Campanhas elevadíssimos prejuízos financeiros, graves danos na saúde física e psíquica situações que ainda hoje se mantêm, havendo situações de pessoas a passar fome e jovens com o futuro hipotecado.
Somos um grupo de clientes e ex-funcionarios do Banco, que queremos acima de tudo justiça, unir e ajudar todos os lesados, precisamos de mais, precisamos de si.
Toda a ajuda é importante , não temos meios, mas temos a razão, ajude-nos a fazer justiça e a combater a corrupção.

Afinal é isto a "JUSTIÇA" Qual foi o montante arrecadado pelo BCP????? Criminalmente quais vão ser os "PASSOS" seguintes. Quem são os senhores (?????) que vão para a "CADEIA" ou será que tudo isto vai ser "BRANQUEADO?????" Se assim for, vamos ter desunião em Portugal. Pois para uns é uma Lei e para outros existe outra Lei. Depois acham "esquisito" os problemas da Quinta do Mocho da Quinta da Fonte, enfim de um País que começamos a não compreender por mais que nos esforçamos. Estamos à beira de um "Conflito Interno", onde todo o "espertalhaço" se serve e os honestos e os trabalhadores são enganados, roubados e explorados. Dizem-me ser isto a DEMOCRACIA. Só que a Democracia é sobretudo um Estado de Direito. Os Investidores "BCP enganados" querem JUSTIÇA. Ou será que a Procuradoria Geral da Republica não vai AGIR. ????? A multa da CMVM foi muito "BRANDA". Agora com o dinheiro dos pequenos accionistas vão "gastar" com os advogados para "passar o sol pela peneira". HAJA DECORO, HONESTIDADE E RESPEITO PELA VIDA HUMANA. OU SEJA PELOS VERDADEIROS HOMENS.

jomera - Multa ao BCP?
Quando se multa o BCP os mais penalizados são os pequenos accionistas, os funcionários e os clientes. São estes que sofrem! Os funcionários são os primeiros e os pequenos accionistas vêm a seguir. Uns são logo pressionados a trabalhar mais, os outros vêm as suas expectativas futuras esfumar-se. AGORA, ouvi dizer que houve pelo menos um admnistrador que saíu com uma indemnização de 10 MILHÕES DE EUROS, outros sairam com reformas e prèmios de gestão do último ano de não-sei-quantos milhões. Mas que é isto? Quando corre bem açambarca-se ao máximo e quando corre mal sacode-se a água do capote? Pensam que o povo é ESTÚPIDO, não, o povo não é estúpido. O povo é SERENO, mas isto vai-se acabar. Melhor dizendo ACABOU. ESTAMOS FARTOS. Se não houver responsabilidades individuais, vocês vão ver. Preparem-se: assaltos, raptos dos filhos dos ricos, tumultos sociais. ESTAMOS FARTOS DISTO, se é para roubar, há que distribuir por todos e não sempre aos mesmos ricaços da treta.
VENCEREMOS.
PROVA-SE QUE A CRISE ECONÓMICA QUE SE FAZ SENTIR É MESMO DA CULPA DO SISTEMA BANCÁRIO...

3 comentários:

Alves disse...

Pelo que vejo, cflores deve ter algum tipo de dívida de gratidão para com o BPI. Sou cliente do BPI e do BCP e tenho tido melhor opinião geral do BCP, e nunca me pediram para comprar acções do banco para ter crédito, o que cflores devia ter dito é que se fosse accionista tinha juro mais baixo, o que é substancialmente diferente. Quanto ao BPI, surpreende-me como um banco desta dimensão consegue fechar o ano com um lucro pouco maior que os proveitos da venda de metade do BFA angolano, o que leva a situações novas, como é o caso da comissão que passam a cobrar a partir de fevereiro, de 5 euros por cada dia que a conta fique a descoberto, ainda que involuntariamente ou por mero descuido.
Nem a administração do BCP era feita de santos, ainda que da opus dei, nem a do BPI o é, continuam a ser os funcionários que estão nos balcões a fazer os bancos e enquanto for bem tratado , penso continuar cliente de ambos, embora tenha de começar a ter muito mais cuidado com os saldos das contas.
Obrigado, cflores, por me levar a fazer publicamente esta reflexão.

Anónimo disse...

Coitadinho do Sr. Ulrich tão santinho que ele é, estou cheio de pena dele. Um dia a sua mascara ainda vai cair e vamos ver quais são os negócios do BPI se são assim tão diferentes dos do BCP.

rpereira disse...

Estou completamente de acordo, comparem o preçário de cada um dos bancos e terão uma grande surpresa.

AO LONGO DA FAMIGERADA "CAMPANHA ACCIONISTA BCP" EM 2000/2001, QUE O BANCO LEVOU A CABO COM AS ACÇÕES PRÓPRIAS, FOI PROVADO HAVER INDÍCIOS DE VÁRIOS CRIMES... NO EXERCÍCIO DE 2000, O MONTANTE TOTAL DE PRÉMIOS A DISTRIBUIR PELOS FUNCIONÁRIOS FOI DE 22.603.817,40€, EM QUE OS ACCIONISTAS NÃO TIVERAM DIREITO A DIVIDENDOS!!!
AS ENTIDADES SUPERVISORAS E ÓRGÃOS DE MEIOS DE COMUNICAÇÃO DIVULGARAM AO PÚBLICO, MAS O BCP, MESMO COM A ACTUAL ADMINISTRAÇÃO, CUJO PRESIDENTE É O DR. CARLOS SANTOS FERREIRA, CONTINUA A EXTORQUIR, "ROUBAR" E A SAQUEAR DINHEIROS DAS CONTAS DAS VÍTIMAS (CLIENTES) SILENCIADAS E INDEFESAS, DANDO SEGUIMENTO PARA O BANCO DE PORTUGAL COMO SENDO DÍVIDA DE INCUMPRIMENTO, SUJANDO O "BOM NOME" DO CLIENTE... ENQUANTO OS PRINCIPAIS RESPONSÁVEIS BANCÁRIOS CONTINUAM INTOCÁVEIS, SEM SER CHAMADOS À JUSTIÇA.

É A VERDADE DO QUE SE PASSOU E AINDA SE ESTÁ PASSAR NO MAIOR BANCO PRIVADO PORTUGUÊS! "MILHARES DE PESSOAS DESTRUÍDAS, EXTORQUIDAS E "ROUBADAS" DOS SEUS BENS PELO BCP (CAMPANHA ACCIONISTA MILLENNIUM BCP E OUTRAS SITUAÇÕES GRAVES)..."
- "TAMBÉM ALGUMAS NOTÍCIAS FINANCEIRAS ACTUALIZADAS"
_______________________________________________________________________________________________________

DURING THE INFAMOUS "CAMPAIGN SHAREHOLDERS BCP" In 2000/2001, the Bank has undertaken WITH OWN ACTIONS, HAS PROVEN Indications of HAVER SEVERAL CRIMES ... In 2000, THE TOTAL AMOUNT OF PREMIUMS FOR EMPLOYEES WAS A DISTRIBUTE OF € 22,603,817.40, in which shareholders were not entitled to dividends!!!
AND BODIES supervisors of media available to the public, but the BCP, EVEN WITH THE CURRENT ADMINISTRATION, WHICH IS THE PRESIDENT DR. CARLOS SANTOS FERREIRA, continues to extort, "theft" Drawing MONEY AND VICTIMS OF THE ACCOUNTS (CLIENTS) Silent and Helpless, following FOR BANK OF PORTUGAL AS BEING DEBT OF FAILURE (CRC) of the client. While the primary banking responsibility untouchables CONTINUE WITHOUT BEING CALLED TO JUSTICE.

IS THE TRUTH of what happened and if IS MOVING IN A MORE PRIVATE BANK PORTUGUESE! "Thousands of people destroyed and EXTORQUIADAS THEIR PROPERTY BY BCP (BCP MILLENNIUM CAMPAIGN SHAREHOLDERS AND OTHER serious )..."
- "UPDATES FINANCIAL ALSO NEWS OF THE WORLD"